N55

logo-n55

CLDF realiza a 1ª Semana Distrital do Hip Hop

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

A lei nº 7.274, de autoria do deputado distrital Max Maciel (PSol), declara o hip hop como patrimônio cultural imaterial do Distrito Federal e institui a Semana Distrital do Hip Hop. De acordo com a legislação, a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) adotou, em seu calendário oficial, a Semana Distrital do Hip Hop. A 1ª edição do evento será realizada dos dias 6 a 10 de novembro na CLDF. A data escolhida também é uma forma de celebrar o Dia Mundial do Hip Hop, comemorado no dia 12 de novembro. Totalmente gratuito e aberto ao público, o evento conta com feira de expositores periféricos, exposições, mostra de filmes, intervenções de graffiti, apresentações musicais e homenagens.

A abertura oficial da 1ª Semana Distrital do Hip Hop será realizada na segunda (6), a partir das 17h30, com a solenidade de lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Hip Hop como Patrimônio Cultural Popular, além da abertura da exposição “Linha do Tempo 50 anos do Hip Hop”, às 10h. Na terça (7), às 18h, será realizada a mesa de debate “Atuação e Resistência: a potência das mulheres do Hip Hop” com a participação de várias figuras femininas fundamentais para a história do movimento hip hop.

Já na quarta (8), às 19h, após uma temporada de sucesso na Biblioteca Nacional, a exposição “Graffiti Rivas Vida Hip-Hop” será inaugurada na CLDF. Com 35 peças do grafiteiro, rapper e b-boy Rivas, com quatro décadas dedicadas ao movimento, a mostra também reúne fotos e documentos que marcaram o hip hop no DF. As exposições da 1ª Semana Distrital do Hip Hop ficarão abertas para visitação até o dia 17 de novembro. Durante toda a semana, os servidores da CLDF e o público externo terão a oportunidade de conferir a Feira de Expositoras/es Periféricas/os, o Cine Rap, intervenções de graffiti e atrações musicais e artísticas. Confira a programação completa abaixo.

Para o distrital Max Maciel, autor da lei que declara o hip hop como patrimônio cultural imaterial do DF, trazer o hip hop e a periferia para dentro da CLDF é muito simbólico. “O hip hop pode ser o primeiro contato de um jovem negro e periférico com a cultura. Pode ser o primeiro contato que ele vai ter com a dança, com a música e com a arte. Celebrar esse movimento que salva tantas vidas dentro da institucionalidade é muito gratificante. É uma forma de devolver, pelo menos um pouco, tudo o que essa cultura me deu”, ressalta o deputado.

PROGRAMAÇÃO 1ª SEMANA DISTRITAL DO HIP HOP NA CLDF

Ao longo de toda a semana:

>> Feira Hip Hop, formada por expositoras/es periféricas/os, no espaço de feiras da Praça do
Servidor.
>> Cine Rap, com reproduções que ocorrerão no Auditório da CLDF, no intervalo do almoço,
das 12h às 14h.
>> Intervenções de arte Graffiti, na Praça do Servidor.

Segunda-feira, 06/11:

>> 10h: Exposição Linha do Tempo 50 anos do Hip Hop
Local: Hall de entrada – Térreo Superior
>> 12h: Cine Rap: Minha Quebrada – Adirley Queirós. Dir.: Max Maciel
>> 12h20: Cine Rap: Rap, o Canto da Ceilândia – Dir.: Adirley Queirós
Local: Auditório da CLDF
>> 17h30: Abertura oficial da 1ª Semana Distrital do Hip Hop, com a solenidade de Lançamento
da Frente Parlamentar em Defesa do Hip Hop como Patrimônio Cultural Popular
Local: Praça do Servidor
>> 18h30: Atração Musical com DJ
Local: Praça do Servidor
>> 19h30: Encerramento

Terça-feira, 07/11:

>> 12h: Cine Rap: Marco Zero do Hip Hop – Dir.: Pedro Gomes
>> 12h20: Cine Rap: Faz seu corre – Dir.: Ricardo Palito
Local: Auditório da CLDF
>> 18h: Mesa de debate: Atuação & Resistência: A potência das mulheres no Hip Hop
Local: Praça do Servidor
>> 19h30: Atração Artística e Musical – Slam e DJ
Local: Praça do Servidor
>> 20h30: Encerramento

Quarta-feira, 08/11:

>> 12h: Cine Rap: Intervenção Urbana – Baixada
Vive. Dir.: Chyara Gomes
>> 12h15: Cine Rap: Mini Documentário: Rivas Vida
Hip Hop. Dir.: Claudio Chandelle
Local: Auditório da CLDF
>>18h: Atração Artística e Musical – Break e DJ
Local: Praça do Servidor
>>19h: Inauguração Exposição de Grafitti Rivas Vida Hip Hop
Local: Foyer do Plenário
>>20h: Encerramento

Quinta-feira, 09/11:

>> 12h: Cine Rap: Slam – Voz de Levante. Dir.: Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva
Local: Auditório da CLDF
>>17h30: Atração Musical com DJ
Local: Praça do Servidor
>>18h: Batalha de MCs
Local: Praça do Servidor
>>19h: Atração Musical com DJ
Local: Praça do Servidor
>>20h: Encerramento

Sexta-feira, 10/11

>> 12h: Cine Rap: 7º Fórum Nacional de Mulheres no Hip Hop. Imagens: Isa Hansen Katupyry, Lisa Boersma, Letícia França Negalê e Thaís Medusa
Local: Auditório da CLDF
>>17h30: Atração Musical com DJ
Local: Praça do Servidor
>>18h: Atração Artística – Break e Declamação de Poesia Marginal
Local: Praça do Servidor
>>19h: Sessão Solene de homenagem aos fazedores de hip hop do DF
Local: Auditório
>>21h às 22h: Baile de Encerramento
Local: Praça do Servidor

* Com informações da assessoria de imprensa do deputado Max Maciel

Fonte: Agência CLDF

Matérias Relacionadas